Sergipeprevidência envia donativos às vítimas das chuvas

16 de abril de 2010 17:16. Atualizado há 14 anos.

Atendendo ao chamado da primeira-dama do Estado, Eliane Aquino, e às determinações do governador Marcelo Déda, o Sergipeprevidência uniu forças à Secretaria de Estado da Administração na campanha para a arrecadação de donativos para as vítimas das chuvas.

A mobilização dos servidores aconteceu durante toda a semana e resultou em dezenas de colchões, cobertores, roupas, alimentos, produtos de limpeza e de higiene pessoal arrecadados. Na manhã desta sexta-feira, 16, todo o material foi encaminhado ao Ginásio Constâncio Vieira para a separação e distribuição entre as famílias mais atingidas em todo o Estado.

De acordo com informações do Centro de Meteorologia da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, há previsão de uma melhoria no tempo para os próximos dias. “A partir de hoje a intensidade das chuvas começa a diminuir e na próxima segunda-feira, 19, já será possível identificar uma melhoria bastante acentuada do clima”, afirma o meterologista do Overland Amaral.

Entretanto, a diretora administrativa financeira do Sergipeprevidência enfatiza que a arrecadação emergencial não vai parar. “Nós continuaremos recebendo as doações dos servidores e de qualquer pessoa que se sensibilize com a causa. As chuvas deram uma trégua, mas milhares de sergipanos continuam desabrigados, sem seus bens e suas casas”, lembra.

Defesa Civil

De acordo com o último boletim da Defesa Civil Estadual, emitido na noite da última quarta-feira, 14, o quantitativo de pessoas atingidas pelas chuvas chega a 3.700, sendo que 2.244 estão desalojadas, ou seja, deixaram suas casas e estão em casas de amigos e parentes, e 1.455 estão desabrigadas.

Segundo informações do gerente de planejamento da Defesa Civil Estadual, capitão Alexandre Alves, os municípios de Aracaju, Pacatuba, Carmópolis e Ilha das Flores já decretaram situação de emergência. “Provavelmente Nossa Senhora do Socorro será o próximo município a entrar com decreto. A  equipe da Defesa Civil Estadual está fazendo um levantamento dos prejuízos causados aos municípios afetados pelas chuvas. A partir disso, serão diagnosticadas as cidades que receberão interferência da Defesa Civil Estadual”, informa o capitão.

Até agora, 17 municípios tiveram prejuízos registrados por causa das chuvas: Aracaju, Tobias Barreto, Carmópolis, Maruim, Nossa Srª do Socorro, Pirambu, Santa Rosa de Lima, Laranjeiras, São Cristóvão, Estância, Barra dos Coqueiros, Itabaiana, Salgado, Pacatuba, Ilha das Flores, Brejo Grande e Neópolis.

Os municípios com maior número de registros são Aracaju, Carmópolis, Socorro e São Cristóvão e Pacatuba. Na capital, cerca de 450 pessoas continuam abrigadas em seis escolas estaduais. De acordo com o boletim da Defesa Civil, São Cristovão teve 452 casas danificadas e 175 desabrigados.

Pular para o conteúdo